Como impulsionar pessoas?

Seria dispensável dizer que a Governança Corporativa, a forma com que as empresas tomam suas decisões para alcançar os objetivos, é fundamental para o sucesso de uma organização. Mas tenho observado certo desânimo de gestores em algumas empresas que, em minoria, desejam mudanças necessárias, porém enfrentam o excesso de burocracia, a falta de transparência, o não engajamento das pessoas ou esses fatores juntos. Não desistam! Tudo está relacionado aos nossos valores, e a melhor vitória é aquela que aumenta a nossa dignidade.

Líder não é quem manda, mas aquele que potencializa, e a questão-chave, em toda organização, é desenvolver uma cultura de integridade. Uma empresa somente se distingue quando faz além do que lhe é exigido, quando a sua equipe vai além. O compliance define normas éticas, como as pessoas devem seguir os processos, mas não representa garantia de sucesso. Afinal, estar em conformidade com a legislação é um dever de todos, mas as pessoas são ou não éticas. E aí está a chave.

No ambiente íntegro, prevalece a confiança, e a equipe faz mais que suas atribuições contratuais, porque acredita no propósito da empresa. Cabe à Governança a clareza dos objetivos da corporação, estabelecer a transparência entre líderes e liderados e valorizar a relação afetiva. Sim. Nesta cultura, é essencial notabilizar a inteligência emocional. Conexão não é juntar, é unir e não importa o quanto você já viveu, estudou ou aprendeu. A inteligência do grupo é maior, complementar e sinérgica.

Então como mudar pessoas, instituir a ética e a sintonia emocional quando impera o lógico, o racional? É preciso ter em mente que a integridade nasce nos valores que herdamos e são moldados pelas experiências; que a intencionalidade exige coragem e ação e que as pessoas tomam suas decisões, primeiro, com base no intuitivo e no emocional - depois buscam fundamentações estratégicas. É preciso ter consciência da universalidade (propósito, legado e missão), liderar pelo exemplo e retribuir o respeito.

Hugo Borges é presidente da Unimed Juiz de Fora e Conselheiro de Administração do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC).

Releases recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

R.  Belo Horizonte, 320 / 2º Andar | São Mateus | Juiz de Fora/MG | (32) 3216-2957 - Support Comunicação® | © 2017 Todos os direitos reservados